domingo, 9 de dezembro de 2007

REDE RECORD



CATEGORIA: Rede de Televisão

NOME MAIS CONHECIDO: TV Record

ALCANCE: nacional e internacional

PORTE: grande porte

HISTÓRIA: A Rede Record de Televisão é uma emissora de canal aberto fundada por Paulo Machado de Carvalho em 1953. A partir da década de 90 ela passou a pertencer ao grupo da Igreja Universal do Reino de Deus do pastor Edir Macedo Bezerra. Em fevereiro de 2007, segundo as medições de audiência do Ibope, a Record assume a vice-liderança em São Paulo ao passar o SBT na média do mês. Segundo o vice-presidente comercial da emissora, Walter Zagari, a meta é chegar à primeira colocação em 2009.

LOCALIZAÇÃO: Bairro da Barra Funda em São Paulo, próximo do terminal de ônibus, trem e metrô da Barra Funda - Rua da Várzea - A localização da sede da emissora é bem localizada, porém em períodos de chuva prolongada, área em volta da emissora fica inundada. Possui núcleo de teledramaturgia sediado no bairro de Vargem Grande, Zona Oeste do Rio de Janeiro, conhecido como RecNov e um recente canal de notícias (Record News), que funciona em São Paulo (coordenação).


ÁREA DE TRABALHO: Central de Jornalismo, matérias para o jornalismo local (telejornais), esporte, Record News, além de inúmeros estúdios com diversos programas ao vivo.

PÓS E CONTRAS: Como toda grande emissora é bom de se trabalhar na Record pela estrutura que ela oferece. Os equipamentos são de ponta, novos e bem conservados. Na sede há restaurante e lanchonete que oferecem boa alimentação. Porém a grande dificuldade da Record é decidir se é uma emissora ou uma igreja. Internamente há uma mistura de postura com relação à isto, para quem pertence aos quadros da IURD, toda regalia e oportunidades, para o profissional que não é da igreja, há bem menos espaço. Os salários pagos são bons na média, mas a prática horrorosa de contratar profissionais com personalidade jurídica é muito usado por lá (caso de jornalistas). Faxineiros, motoristas, seguranças, secretárias e muitos assistentes e operadores de câmera são quase a totalidade da IURD. Nada contra isto, até porque eles são os donos da emissora e devem favorecer o povo da IURD. O problema é a falta de identidade na emissora que isto acarreta.

AVALIAÇÃO: nota 08 (oito)

AMBIENTE DE TRABALHO: 3 estrelas

2 comentários:

Anônimo disse...

Trabalho em uma filiada da Record como op de camera. Foi o primeiro emprego que tive um feedback das minhas imagens. Nao sou da IURD e cada vez vejo que estou tendo mais oportunidades para crescer na empresa. Este conceito onde as regalias sao para quem é da IURD está acabando. Depois que a Record definiu em bater todas as emissoras esta percebendo que o que importa é profissional de qualidade. Nao sou puxa saco, mas acredito que vou crescer mais aqui do que em qualquer outra emissora.
Abraços a todos

sidnei farias disse...

oi gostaria de enviar um currículo para rede record.