sexta-feira, 4 de junho de 2010

QUEM CONTROLA A MÍDIA NO BRASIL?

Em geral o controle da mídia no Brasil está nas mãos de algumas poucas famílias.




O mercado de trabalho é bem reduzido (para jornalistas e radialistas) pois não é todo dia no país, que abre um novo jornal, revista, emissora de rádio ou televisão.

GRUPO 1

O primeiro grupo – “cabeças-de-rede” – são os veículos de comunicação controlados por famílias. As redes nacionais de comunicação incluem emissoras de rádio e TV, jornais e revistas de circulação nacional.

Organizações Globo – família Marinho
Rede Record – Edir Macedo e Bispos da IURD
Sistema Bandeirantes de Comunicação – família Saad
Sistema Brasileiro de Televisão – família Abravanel
Rede Tv - Amilcare Dallevo e Marcelo de Carvalho
Radio e Televisão Cultura - Governo do Estado SP.
Tv Gazeta - Fundação Cásper Líbero
Grupo Estado (Estadão) – família Mesquita
Grupo Folha de São Paulo – família Frias de Oliveira
Grupo Abril – família Civita (70% do mercado de revistas do país).

Alguns desses grupos controlam também portais na internet e agências de notícias: UOL/Grupo Folha - PORTAL G1/Globo - AGÊNCIA ESTADO/Grupo Estado - PORTAL R7/Record - CANAIS DE NOTÍCIAS, GLOBONEWS, RECORNEWS E BANDNEWS

GRUPO 2

O segundo grupo é composto por grupos nacionais e regionais com presença econômica expressiva. Os principais são:

EPTV - família Coutinho Nogueira (4 emissoras - SP/Sul de Minas)
Tv Tem - J. Hawilla (4 emissoras regionais - SP)
Grupo RBS - família Sirostski no Sul do país
Gazeta Mercantil em SP
Organizações Jaime Câmara em Goiás e Tocantins
Jornal do Brasil no DF - Nelson Tanure
Gazeta Mercantil em SP

GRUPO 3

O terceiro grupo é composto por grupos regionais de afiliados às redes nacionais de TV e pertencem às oligarquias regionais que, obviamente controlam tanto o poder econômico, quanto o político.
Embora vinculados às redes nacionais de TV, esses grupo locais controlam todo o sistema de comunicação regional por meio de inúmeras rádios e jornais, principalmente Norte e Nordeste

Ceará - família Jereissati (Tasso Jereissati – PSDB)
Rio Grande do Norte - família Maia (Jose Agripino Maia – DEM) e família Alves (Garibaldi Alves Filho – PMDB)
Bahia - família Magalhães (deputado ACM Neto – DEM)
Maranhão - família Sarney (José Sarney – PMDB)
Alagoas - família Collor (Fernando Collor de Mello – PRTB)
Sergipe - família Franco (Albano Franco – PSDB)
Pará - família Pires (Vic Pires – DEM)

GRUPO 4

O quarto grupo é composto por pequenos grupos regionais de TV, rádio e jornais ou ainda por veículos de pequena participação no mercado de mídia, mas que muitas vezes são apêndices de fortes grupos que atuam em outros ramos da economia. Esses pequenos grupos de mídia estão também, em sua maioria, sob controle do poder local. É por isso que nos municípios do interior do país, o dono da rádio local é também o chefe político municipal.

fonte: http://www.abraconacional.org/